domingo, 9 de março de 2008

Vengeance! [1970]



Aka:
Ba Shou, Kung Fu Vengeance, Deadly Duo.
Companhia: Shaw Brothers
Diretor: Chang Cheh
Diretor(es) de ação: Yuen Cheung Yan, Tong Gaai.
Elenco: David Chiang Da Wei, Ti Lung, Wong Ping, Alice Au Yin Ching, Ku Feng, Chen Sing, Yeung Chi Hing, Wong Ching Ho, Chuen Yuen, Hoh Ban, Cheng Lui, Cliff Lok, Shum Lo, Chen Kuan Tai, Jason Pai Piao, Fung Hak On, Bruce Tong, Yen Shi Kwan, Yuen Woo Ping.

Guan Yulou (Ti Lung) é o astro de uma trupe de artistas da Ópera de Pequim que caiu na desgraça de se casar com uma mulher de caráter muito duvidoso (eu poderia dizer “vagabunda”, mas certos eufemismos eu não consigo evitar). Pra completar o azar, dois vilões caem de “amores” (eufemismo de novo) por ela e eles não medirão esforços pra saciarem-se. Yulou tenta defender o seu território mas ele não é forte o suficiente contra essa teia de intrigas. Numa partida de mahjong, o destino dele é selado e entre os 4 jogadores está um dos tarados interessados em sua mulher: Feng Kaishan (Ku Feng). O outro tarado é o general Hu Hucheng (ou Generalíssimo, segundo a legenda, interpretado por Hoh Ban), figura misteriosa que só vai mostrar a cara no final do filme. Feng Kaishan é apenas um instrumento na conspiração e depois que Yulou é eliminado (estraçalhado é o termo mais correto), como um bom lacaio, ele não poderá “cair de boca” na viúva pois terá de ceder o privilégio ao chefe general.


Chega a cidade um homem com uma cara de “quem comeu e não gostou” e ficamos sabendo que essa criatura é Guan Xiaolou (David Chiang Da Wei), nada mais nada menos que o irmão de Guan Yulou. A cara feia dele agora está explicada, ele veio pra se vingar. Munido de um facão, muitos cigarros e com muito ódio no coração, Xiaolou começa pela cunhada mas descobre que ela não é mais o objeto de desejo e que as atenções se voltaram pra irmã dela, Hua Zheng Fang (Wong Ping), seu antigo amor. Depois de um revival sexual, Xiaolou e Zheng Fang combinam de juntos acabarem com Feng Kaishan. Feito isso, faltam agora os outros membros da mesa de mahjong mas um deles resolve se aliar a Xiaolou. Ambos armam um plano pra pegar o Generalíssimo e tudo daria certo não fosse a deslealdade do velho. Ele quis se aproveitar do desejo de vingança do desventurado irmão e depois se livrar dele. Mas sagaz como ele só, Guan Xiaolou dará muito trabalho.


Vengeance! é um dos trabalhos mais aclamados de Chang Cheh, rendendo à ele e ao protagonista David Chiang os prêmios de melhor diretor e melhor ator, respectivamente, no Asian Film Festival de 1970. Mas, porém, contudo, entretanto e todavia, eu esperava mais desse filme. O que move a história, ou pelo menos deveria mover, é a profunda ligação entre os dois irmãos, mas isso se perde depois dos 17 minutos iniciais, tempo de duração da personagem de Ti Lung. A figura dele fica esquecida e o foco é transferido pro romance água com açúcar entre David Chiang e Wong Ping, só sendo retomada muito brevemente no final. Tem também todo o mistério envolvendo a figura do general, que me fez pensar ser alguém muito importante e interpretado por algum ator famoso, mas no final acaba sendo nada demais. Apesar desses pequenos detalhes o filme ainda é bastante interessante e é um dos melhores espécimes da fase mais sanguinária de Chang Cheh e da era basher dos filmes de kung fu.

Alguns detalhes da temática do filme foram reaproveitados anos mais tarde pelo diretor, nos filmes Attack Of The Joyfull Goddess (1984) e The Warrior (1985). No primeiro, a confusão toda começa depois que o ator principal de uma trupe da Ópera é assassinado, deixando o caminho “livre” pra um general (tentar) se apossar de sua namorada. No segundo, algumas técnicas de flashback usadas em Vengeance! foram repetidas, dando maior dramaticidade às cenas de sofrimento. Durante toda essa fase pós Shaw Brothers, Chang Cheh pareceu desanimar um pouco e usou e abusou das repetições, caindo consideravelmente em qualidade. A única exceção dessa fase talvez seja o maravilhoso Shanghai 13.

Nota:
8.0

[trailer original]


[trailer celestial]


[a morte da personagem de Ti Lung]



[ Hong Kong Old School completa esse mês um ano, então parabéns pra mim (hehehe) e muito obrigada a todos que visitam e prestigiam esse humilde blog! ]

StumbleUpon.com

11 comentários:

Raphael Dias (Pin-Head) disse...

Putz...achava que esse era outro filmaço do Chang Che, mas agora não me parece tão bom assim hehehehe.


E parabens Lin eeeeeeeh \o/
Depois me manda o convite pra festa ;)

Takeo Maruyama disse...

Parabéns, Aline, pelo primeiro ano do seu maravilhoso blog Hong Kong Old School!!!!!!

Sobre Vengeance!, eu também esperava um pouco mais, principalmente das lutas. Esse é o problema da gente se acostumar com os Venoms, né?

Anônimo disse...

Parabéns pelo trabalho realizado!
Exelente Blog!
Saudações de Portugal!

chico.imperio disse...

Aline Parabéns!!!

Que blog sensacional.tenho 47 anose sou do tempo que filmes da VELHA ESCOLA fazia os donos do cinemas ficarem de sorriso largo. lotava!!!

Ti Lung,David Chiang,Chen Kuan tai,Chen Kuan Chun,Fu Sheng,Cheng Sing,Lung Fei,Bruce Liang,Dorian tan Casa Nova... Fazia agnte sonhar em lutar como eles.

Fiquei maravilhado com o seu blog e é muito importante ter uma pessoa se preocupando em passar para frente essas relíquias.

Gostaria de te pedir, se possível fosse, a resenha de Men fron the monasrery (acho que é assim que se escreve) Um filme que não sai da minha lembrança. Com Fu sheng, Chen Kuan Tai e Chi Kuan Chun. O Filme do GRANDE Chang Che.

Comenrte alguma coisa sobre o filme que parece sequencias de outros filmes como HEROES TWO.

Mais uma vez parabéns fica com Deus e que te abençoe muito.

Fico no Aguardo.

Francisco Fernandes

Aline disse...

Muito obrigada a todos pelos elogios!

Francisco, assim que for possível eu comento sobre o Men From The Monastery sim. Os meus dias são muito corridos e tenho outras resenhas pra publicar na frente, mas pode deixar que eu vou atender ao seu pedido, hehe. Fique atento ;)

Shinobi disse...

Aline, com mês e meio de atraso, chego aqui para desejar os merecidos parabéns ao teu blogue! Mais vale tarde do que nunca :) !

Que venha então o próximo ano, com muita força!

Paulo Shawn disse...

Outro atrasado: parabéns, Aline. Seu blog é sensacional. Verdadeira experiência multimídia, além de escrever um texto de ótima qualidade.

Com relação ao Vengeance, achei a interpretação excepcional, mas as lutas...
A direção também ajuda a criar "o clima".

Por favor, entre em contato comigo: eyah299@yahoo.com.br. Estou procurando alguns filmes e talvez você possa me ajudar a saber o nome de algum deles.

Emerson disse...

Poxa...bem bacana seu blog, muito 10!!!!
Nós tínhamos dado uma passada rápida anteriormente, no mesmo dia que vimos o do Takeo..., mas agora, vendo detalhadamente, caramba...vc manja bastante desses clássicaços da época do Poltrona R!!!!
Parabéns!!!
Continue o ótimo trabalho!!!
Com blogs assim fica fácil p/os fãs de old-school terem uma boa noção de qual filme verem ou não!!!!

Jota disse...

Nossa, parabén mesmo. Sou fã de filmes de Kung Fu há muito tempo, já assisti vários, e acho invejável o seu conhecimento sobre o tema. Virei frequentador assíduo.
Logo que vi o blog pela primeira vez pensei "Puxa, que barato, aqui tem muita informação sobre muitos filmes e... Caramba, é feito por uma garota!!!" hahahaha, brincadeiras à parte, parabéns novamente.

Aline disse...

Muito obrigada, Jota!

Anônimo disse...

David Chiang WAS E-X-C-E-L-L-E-N-T in "Vengeance!" !!! Such a great movie for 1970 !!! Cool, bloody and gut wrenching action, I really liked the intense music, everything was just superb!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!